Bovinos, Suínos, Equinos e Coelhos – Especialidades Farmacêuticas

[voltar atrás]

FERTIGEST Solução injetável
Embalagens de:   
20 ml
5 X 20 ml
 


Substância ativa: Buserelina 0,004 mg
(equivalente a 0,0042 mg de acetato de buserelina)
Excipientes:
Álcool benzílico (E1519)  20 mg

Espécie alvo: Bovinos (Vacas), Equinos (Éguas), Suínos (Porcas e marrãs) e Coelhos (Coelhas p/ reprodução).
 
BOVINOS

Indicações: Tratamento de quistos foliculares. Melhoria da taxa de conceção em procedimentos de inseminação artificial. Sincronização do estro e ovulação em bovinos cíclicos, para inseminação artificial em tempo fixo juntamente com a administração de prostaglandina F2a.

Posologia: Via intramuscular ou subcutânea.

- Quistos foliculares: 5 ml de medicamento veterinário (0,021 mg de acetato de buserelina) por animal.
- Melhoria da taxa de conceção: 2,5 ml de medicamento veterinário (0,0105 mg de acetato de buserelina) por animal, administrado entre o inicio do estro até e incluindo o tempo de inseminação artificial.
- Sincronização do estro e ovulação em bovinos cíclicos: 2,5 ml de medicamento veterinário (0,0105 mg de acetato de buserelina) por animal. O seguinte protocolo pode ser aplicado: 0,0105 mg de acetato de buserelina no dia 0, seguido por uma injeção de prostaglandina 7 dias depois e uma segunda injeção de 0,0105 mg de acetato de buserelina 48 horas depois da administração da prostaglandina. A inseminação artificial em tempo fixo pode ocorrer 12 a 24 horas após a segunda injeção de acetato de buserelina.
 
 
SUÍNOS

Indicações: Indução da ovulaçãoapós a sincronização do estro ao desmamw (porcas) ouatravés da administração de um progestagénio (marrãs) que possa ser utilizado como parte de um único programa de inseminação artificial em tempo fixo.

Posologia: 2,5 ml de medicamento veterinário (0,011 mg de acetato de buserelina) por animal. O programa de inseminação artificial para suínos é o seguinte:
Marrãs:
- Administrar 2,5 ml de medicamento veterinário 115 a 120 horas após o final do tratamento de sincronização com um progestagénio. Realizar inseminação artificial única 30 a 33 horas após administrar o medicamento veterinário.
Porcas: 
- Administrar 2,5 ml de medicamento veterinário 83 a 89 horas após o desmame. Deve ser realizada uma única inseminação artificial 30 a 33 horas após administrar o medicamento veterinário.

EQUINOS

Indicações: Tratamento de quistos foliculares. Indução da ovulação para sincronizar a ovulação mais perto da cobrição.

Posologia: 10 ml de medicamento veterinário (0,042 mg de acetato de buserelina) por animal. O medicamento veterinário deve ser administrado no primeiro dia em que o folículo atingiu o tamanho máximo. Para melhores resultados, o medicamento deve ser administrado aproximadamente 6 horas antes do serviço. O serviço deve ser repetido novamente na manhã seguinte se a égua ainda estiver em estro. Se a ovulação não ocorrer dentro de 24 horas após o tratamento, a injeção deve ser repetida.

COELHOS

Indicações: Melhoria da taxa de conceção. Indução da ovulação pós-parto.

Poslogia: 
- 0,2 ml de medicamento veterinário (0,00084 mg de acetato de buserelina) por animal.
- Indução da ovulação pós-parto: 0,2 ml após o parto, a inseminação deve ser realizada diretamente após a administração.
- Melhoria da taxa de conceção: injectar 0,2 ml no momento da inseminação ou cobrição.

Intervalos de Segurança:
Bovinos, equinos, suínos e coelhos
Carne e vísceras: Zero dias.
Bovinos e equinos
Leite: Zero dias.
 

Para mais informações consulte o Folheto Fertigest pdf_button